Estudos apontam que beber cerveja faz bem ao coração

Cerveja faz bem ao coração

Por algum tempo, os apreciadores de vinhos consumiram seus rótulos sem dores na consciência, devido a um estudo cientifico relatando que o vinho tinto pode ajudar na prevenção de doenças cardíacas. Dessa vez, novos estudos a respeito da cerveja apontam que a bebida também faz bem ao coração quando consumida moderadamente.

Uma observação de quem vos escreve: a quantidade moderada corresponde a um copo de 360 ml ao dia para mulheres e até 2 copos para os homens.

Cerveja faz bem ao coração

Centenas de estudos demonstraram que o consumo moderado da gelada diminui o risco de ataques cardíacos e morte por doença cardiovascular em 25 a 40%. Um ou dois copos por dia podem ajudar a elevar os níveis de HDL, o chamado “colesterol bom”, que é responsável pela ajuda na prevenção do entupimento das artérias.

Quem garante estas informações é a Universidade de Gothenburg na Suécia, que associou a ingestão moderada da cerveja – cerca de duas unidades por semana – com uma redução do risco de AVC em até 30%.
Entre os anos de 1968 e 2000 os pesquisadores acompanharam 1500 mulheres, onde 185 delas sofreram ataques de coração, 160 sofreram com derrame, 160 desenvolveram diabetes e 345 foram diagnosticadas com câncer. As mulheres que se mostraram mais adeptas da cerveja – com um consumo na ordem de uma ou duas unidades por semana – apresentaram um risco de problemas cardíacos 30% menor do que aquelas que não bebiam cerveja.

Mas cuidado nobres cervejeiros, o consumo exagerado de álcool pode danificar o fígado e provocar alguns tipos de câncer ou problemas cardíacos, além de dependência.

Acalmem o coração e desfrutem de uma boa cerveja!

Os comentários estão encerrado.