Qual a diferença entre as Pilsen que bebemos?

Sabia que beber menos é beber com mais qualidade? Pois é. Por isso, e ainda mais quando se trata de cerveja, quanto mais você souber sobre a bebida que se põe no copo, melhor. A pilsen é a cerveja favorita dos brasileiros (e no mundo todo) e responde por 98% das cervejas consumidas por aqui. Dourada, leve e refrescante, com baixo teor de álcool, é a cara do verão, do churrasco, das festas e dos botecos.

Ela caiu nas graças de todos desde que foi criada em sua cidade homônima, em 1842, na região da Boêmia, onde fica hoje a República Checa. Considerando que a cerveja existe há 6.000 anos, essa fama veio meio tarde, mas foi um divisor de águas. A pilsen fez com que o consumo global de cervejas fosse parar nas nuvens, e hoje ela detém 60% do mercado total.

O que bebemos por aqui

A cerveja pilsen é uma cerveja bem dourada, com notáveis aromas de lúpulo e um sabor bem mais acentuado de malte do que as nossas cervejarias nos vendem aqui como sendo pilsen. O que bebemos, na maioria das vezes, é na verdade um outro estilo, bem parecido, onde se assemelham mais ou menos a cor, a fermentação, os ingredientes básicos, mas a quantidade deles é bem menor e com isso temos o estilo Standard American Lager.

Eis um gráfico que explica a diferença entre uma cerveja do estilo pilsen e uma cerveja popular de grande cervejaria, vendida como pilsen (não adianta insistir, não vou contar qual é a marca, rsrsrs):

diferença entre as Pilsen

Esse “adjunto” ali significa milho, arroz, açúcar etc. Quando se adicionam esses “adjuntos”, é possível ter uma estabilização de alguns fatores, mas o sabor acaba sendo bem mais fraco, fica tudo mais ácido, e é preciso adicionar de grandes quantidades de estabilizantes, conservantes, etc para manter a cerveja. Sem contar, é claro, a quantidade de lúpulo significativamente menor. Quando se lê no rótulo a lista de ingredientes (água, malte, lúpulo, levedura, cereais não maltados…), esses cereais são milho e arroz! Nossas cervejas até que não são ruins de todo, e as grandes cervejarias têm um papel importante. Sem elas, não teríamos acesso a um mundo de alternativas a um preço acessível.

E aí, deu pra entender? Essas informações foram extraídas da publicação Manual do bom bebedor de cerveja Pilsen do blog O Treco Certo. Recomendamos a leitura completa! 🙂

Manual do bom bebedor de cerveja Pilsen

Sabia que beber menos é beber com mais qualidade? Pois é. Por isso, e ainda mais quando se trata de cerveja, quanto mais você souber sobre a bebida que se põe no copo, melhor. A pilsen é a cerveja favorita dos brasileiros (e no mundo todo) e responde por 98% das cervejas consumidas por aqui….

2 comentários em “Qual a diferença entre as Pilsen que bebemos?”

  1. Eu já de algum tempo para cá que evito beber as nossas, as “vendidas como pilsen”…rss

Os comentários estão encerrado.