Vamos para Serra da Mantiqueira?

Fugimos de todas as opções de verão típicas de finais de ano e fomos passar nosso réveillon em Campos do Jordão.

Decidimos o nosso destino cervejeiro de acordo com nossa vontade de fugir do verão e locais típicos de ano novo.

Não queríamos muita bagunça, sol e badalação, então o local escolhido não poderia ser outro: fomos para Serra da Mantiqueira, mais precisamente para a cidade mais fofa do estado de São Paulo: Campos do Jordão. ❤

A cidade mais alta do Brasil

A cidade fica na altitude de 1.628 metros, a mais alta do Brasil.

Ela é conhecida por ser uma estância climática e mesmo indo no verão, conseguimos aproveitar o frio.

Campos do Jordão
Campos está lotado de plátanos e suas folhas são parecidas com aquelas da bandeira do Canadá.

Planejamos ir pelo nosso queridinho site de viagens, o Booking.

Fechamos uma pousada para o dia 31 de dezembro ao dia 03 de janeiro e, semanas antes, decidimos ir um dia mais cedo do planejado para aproveitar ainda mais a cidade. Então reservamos outro hotel para apenas uma diária.

>>> Destino cervejeiro: Aventuras e cervejas de Brotas

Chegamos a Campos do Jordão em torno das 10h40 e estava chovendo. Por termos chegado antes do horário do check-in do hotel, decidimos explorar a Vila Capivari, onde ficam a maioria dos bares, galerias e lojinhas da cidade.

Vila Capivari e Hospedagem

De início demos uma voltinha por uma das lindas galerias que existem em Campos – elas se parecem bastante uma com as outras – e fomos almoçar no restaurante da Baden Baden .

O ideal seria visitar a cervejaria da Baden após o almoço, mas uma semana antes da viagem quando fomos agendar nossa visita à cervejaria, já não haviam mais vagas disponíveis. Ficamos bem tristes. 🙁

A visita custa R$ 15 por pessoa com duração de uma hora, o horário é das 10h às 17h. Baita vontade de voltar em Campos só pela cervejaria! Mas sem problemas, o almoço sensacional compensou nosso erro de planejamento.

Após muito chopp bock, fomos fazer o check-in no hotel.

Nos hospedamos por um dia na Pousada Jordão e não temos o que reclamar do lugar. A localização é ótima, sendo muito perto da Vila Capivari e o bairro é elegante. O quarto é super aconchegante, com TV e uma lareira eletrônica (aquecedor) – confesso que perdi uns 20 minutos brincando com ela.

O pessoal do hotel é bem legal e nos ajudou no que foi preciso. A diária custou R$ 120 com direito a um café da manhã delicioso: tudo fresquinho e quentinho, com uma variedade de dar água na boca só de lembrar.

Descansamos um pouco e fomos visitar o Mosteiro das irmãs Beneditinas.

Apesar de não termos religião, foi muito interessante. O lugar é pequeno, porém, lindo. Existe uma capela onde acontecem as missas, o ambiente é silencioso e cercado de paz.

A primeira noite

Já de noite, voltamos a Vila Capivari para passear e estava muito mais movimentada do que antes.

É o lugar mais badalado de Campos do Jordão, sem dúvidas!

A praça estava cheia de decorações natalinas, o que deixou tudo mais bonito. Pedimos chopp Germânia em uma pastelaria bem famosa de Campos  – contaremos dela em breve – e fomos explorar o bairro e as redondezas.

Os chopp, de 500 ml, custaram R$ 8 cada, e foi muito bom chegar no final e ele ainda estar bem gelado. ♥

O problema de Campos do Jordão em datas sazonais é que você tem que chegar bem cedo nos lugares, se não, lota completamente.

Mas essa é historia para o próximo post. O do nosso réveillon!

1 comentário em “Vamos para Serra da Mantiqueira?”

Os comentários estão encerrado.