Os equipamentos para produção de cerveja artesanal (Parte 3)

Para quem não sabe, esta é a parte 3 sobre os equipamentos necessários para produção de cerveja artesanal. Você encontra a parte 1 aqui e a parte 2 aqui. Hoje vou falar sobre a fermentação e maturação.

É necessário depois do processo de refrigeração um recipiente que possa ser vedado totalmente de um material atóxico para a fermentação de nosso mosto.

Muitos sites já vendem baldes ou bombonas alimentícias para este fim, porém sempre aconselho procurar em lojas de produtos para grandes restaurantes. O preço em sites de cerveja pode chegar até mesmo a triplicar. Vou dar alguns exemplos dos mais usados:

Balde alimentício para produção de cerveja artesanal

O balde alimentício é talvez o mais popular entre os iniciantes, incluso em todos os kits para produção de cerveja artesanal.

produção de cerveja

Esse balde possui a vedação necessária, e pode ser achado com facilidade no mercado. Existem baldes desde 7,5 litros até 30 litros. Acredito que é o mais indicado para produção de pequenos volumes. Os preços podem variar de R$ 14 a R$ 40 dependendo do tamanho e lugar.

Com o tempo, esses baldes podem criar ranhuras devido a limpeza e uso. Como essas ranhuras podem abrigar bactérias é indicado descarta-lo depois de um certo tempo de uso.

As bombonas

As bombonas possuem uma vedação relativamente melhor que os baldes e são mais duráveis, porém mais caras. A maior vantagem é que existem bombonas de até 200 litros. Caso você chegue nesse volume de produção o indicado já é procurar equipamentos profissionais.

Os preços são bem variados, mas é bom ficar de olho, pois existem muitas outros fins, (já vi cervejeiros que compraram bombonas de armazenamento de óleo de fritura), portanto vale optar pelo novo. Os volumes podem ir dos 20 litros até 200 litros.

produção de cerveja

Outro tipo de bombona que pode ser utilizada é a de água (é bem mais em conta). Mas cuidado, pois por serem retornáveis você pode pegar uma velha que já pode conter ranhuras e perder uma leva de cerveja.

Caso você compre esses equipamentos algumas modificações são necessárias, a primeira que é OBRIGATÓRIA é a instalação de um Airlock.

O Airlock

Airlock é uma espécie de válvula que deve ser adicionada a todos os fermentadores. Essa válvula deixa com que os gases gerados na fermentação escapem sem deixar que nada entre no fermentador.

Esses são os dois tipos mais comuns de airlock, S e 3 partes. A única vantagem que um tem sobre o outro é que o de 3 partes é mais fácil de limpar por ser desmontável, mas ambos funcionam perfeitamente.

produção de cerveja

A instalação é bem simples, basta fazer um furo no topo, ou tampa do balde, e encaixar o airlock. Para ajudar na vedação é bom usar uma rolha de silicone como essa:

produção de cerveja

Existe no mercado rolhas largas o suficiente para tapar a boca de uma bombona de água, logo nenhuma modificação precisa ser feita.

produção de cerveja

A torneira

Uma outra modificação que é facultativa é a instalação de uma torneira. Elas auxiliam muito na transferência e na hora de engarrafar. Aconselho sempre a instalar uns dois dedos do fundo do fermentador, para evitar pegar muito do fermento decantado.

Existem torneiras próprias para fermentadores, são chamadas torneiras anti-sedimento. Porém qualquer torneira de plástico atóxico pode ser usada. Eu sempre compro torneiras de bebedouro, que já vem com as borrachinhas para vedação. Elas são fáceis de instalar e não custam mais de 10 reais!

produção de cerveja

A maturação acontece depois da fermentação, onde a cerveja é resfriada para auxiliar na decantação da levedura. Isso ajuda a clarificar a cerveja e também auxilia na remoção de possíveis off-flavors gerados na fermentação.

O seu maturador pode ser o seu fermentador! Existe uma certa discussão sobre a necessidade de transferir a sua cerveja do fermentador para outro recipiente para a maturação. Para pequenos volumes isso não é totalmente necessário, logo após a fermentação você pode simplesmente colocar seu fermentador na geladeira.

É importante ter um espaço para isso, a maturação realmente beneficia muito o seu produto final!

Caso você queira experimentar a transferência para que a cerveja mature sem estar em contato com a lama cervejeira (acumulo de trub e fermento no fundo do fermentador) o seu maturador pode ser um segundo fermentador.

Existem também os fermentadores cônicos em PP e inox, esses equipamentos são mais caros (bem mais caros) e para a produção de pequenos volumes são desnecessários, porém logo mais vamos tratar deles e de suas vantagens!
Semana que vem vamos tratar de como engarrafar a cerveja!

Quer saber como engarrafar a cerveja depois de pronta? Então clique aqui e leia a parte 4 deste artigo! Cheers!

Os comentários estão encerrado.